top of page

Verdade x Mito: Promessa da Filosofia Lean

Conforme vão passando os anos as empresas têm experienciado grandes mudanças relacionadas ao crescimento digital. Partindo dessa premissa, identificar problemas e saber como resolvê-los muda a realidade da empresa e conduz os negócios ao sucesso.

Essa é a promessa da filosofia Lean. Filosofia de gestão que busca otimizar tempo e reduzir custos e desperdícios de uma organização. Através da priorização e utilização dos recursos de maneira eficiente, potencializando os resultados e o envolvimento da equipe em busca de melhoria contínua.


O objetivo principal, acima de tudo, é a satisfação do cliente.


Como melhorar o trabalho?

O propósito do Lean é criar valor para o consumidor final. Para isso, é preciso que os CEOs, líderes, e os demais colaboradores da empresa estejam por dentro da filosofia de gestão lean.


Questões do tipo: “Como melhorar o trabalho?” ou “Qual é o problema que precisamos resolver?”, são essenciais para desenvolver a metodologia dessa filosofia.


Para melhorar os resultados da empresa por meio da prática Lean, não basta mudar somente os processos e operações, mas a mentalidade da organização como um todo.


Visando esse resultado, as pessoas devem ser orientadas a melhoria contínua do processo, focando em entregar mais valor ao cliente por meio dos seus serviços e produtos.


Dúvidas sobre a filosofia Lean

A transformação começa quando todos conseguem enxergar o processo, focando em eliminar desperdícios e resolver problemas de maneira ágil. Diante disso, surgem muitas dúvidas e mitos sobre essa filosofia. Vejamos aqui quais são os mais comuns e como podemos desmistificar a prática da filosofia Lean:


- O propósito da filosofia Lean é aumentar a produtividade.

Depende. A filosofia Lean exige mudanças de paradigmas e acaba tirando as pessoas da zona de conforto. O objetivo final, como falamos acima, é atender ao consumidor final com qualidade, proporcionando a ele a melhor experiência ao fazer negócios com a empresa.


- A filosofia Lean trata de desenvolver pessoas e capacidades.

Verdade. As mudanças no processos trazidas pelo lean exigem novas capacidades das pessoas. Nesse sistema, não se busca somente solucionar problemas, mas desenvolver solucionadores de problemas, e isso é mais difícil do que parece. As pessoas têm uma tendência de pular para “soluções”, sem entender o real problema e suas causas.


- O estilo de liderança predominante na filosofia Lean é “apagar incêndios”

Mito. Os líderes em geral, quando se deparam com um problema, acabam apagando incêndio e acham que seu papel é o de herói devendo dar respostas para tudo. O estilo de liderança necessário para sustentação do sistema lean não é o que tenta dar respostas mas sim o que sabe fazer as perguntas certas nos momentos certos, desenvolvendo pessoas para serem solucionadores de problemas. Isso exige uma mudança enorme de cultura de gestão que envolve a forma como lidam com suas equipes e a maneira que desdobram os objetivos e atividades.


- Na filosofia Lean, ninguém é insubstituível

Mito. Uma empresa que declare como um valor “os colaboradores são nosso maior diferencial” mas partem de uma cultura onde as pessoas são facilmente trocadas, jamais vão ser condizentes a essa filosofia. O sistema Lean traz bastante mudanças, adotando como pressuposto a prática de explicitar e discutir os conflitos que são necessários para fazer com que os colaboradores se desenvolvam. Acredita na interação entre equipes e que o sucesso depende da combinação de: propósito, processos, pessoas, gestão e pensamento enxuto. Sem isso, a mudança lean será superficial e sem efeito.


Podemos concluir a filosofia Lean como um caminho para melhorar a produtividade, reduzir custos e um trabalho para otimização de custos.


Assim, essa metodologia ajuda a reduzir os prazos de entrega e liberar mais recursos para o crescimento da empresa, afinal, toda equipe treinada e especializada em uma rotina, obtém bons resultados.


52 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page